Matérias

10

Orlando Drummond

Orlando Drummond

Gargamel
Paul Winchell

Smurfs

Que lista de dublagem de desenhos, principalmente dos anos 80, não terá Drummond? Com Gargamel ele oferece um vilão com intuito de fazer rir, assim o personagem é tão pavoroso quanto cômico. Destaque para Orlando repetindo: “Eu odeio Smurfs!”.

9

Nelson Machado

Nelson Machado

Glomer
Frank Welker

Punky

Na versão animada de Punky a Levada da Breca a protagonista ganhou um amiguinho, mistura de animal e duende, que tinha uma voz engraçada, fanhosa e bem construida, graças ao trabalho de Nelson Machado.


8

Paulo Flores

Paulo Flores

Furacão
Ed Gilbert

Bravestarr

O amigo fiel do Xerife Bravestarr era um corpulento cavalo que precisava se impor, e fazia isso com o baita vozeirão de Paulo Flores. Para meter medo na bandidagem não bastava o “Trabuco”, Furacão berrava em grosso, grave e bom tom!

7

maurodealmeida

Mauro de Almeida

Sapão
Don Messick

A Família Drácula

Se no original Don Messick dá um show fazendo o Sapão, não houve perda de qualidade na dublagem brasileira com o trabalho de Mauro de Almeida. O falsete construído por ele combinou perfeitamente com o cômico personagem que repetia mansamente: “Mau sapão, mau sapão!”

6

Flávio Dias

Flávio Dias

Malvado
John Stocker

Ursinhos Carinhosos

o atrapalhado vilão Malvado era o desafogo cômico dentro do núcleo de antagonistas da animação Ursinhos Carinhosos. Assim, Flávio Dias precisava fazer malvadezas mas levando o público infantil à risada, e levava. Engraçado ouvir o personagem atrapalhado repetir: “Aí como eu sou mau!”

5

Mário Jorge de Andrade

Mário Jorge de Andrade

Gorpo
Lou Scheimer

He-Man e Os Defensores do Universo

Mário Jorge é especialista no tipo de falsete que consagrou a personalidade do Gorpo no Brasil. Além de muito bem interpretado, o mágico atrapalhado ficou bastante engraçado, assim passa a ser um dos pontos altos da dublagem de He-Man.

4

André Luís “Chapéu”

André Luiz “Chapéu”

Sr. Wilson
Maurice LaMarche

Dennis - O Pimentinha

O Senhor Wilson se caracteriza pela infinidade de vezes que precisa sair gritando por episódio para se ver livre das peripécias do Dennis. E como gritou André Luiz “Chapéu”, e como levou a criançada à gargalhada!

3

Sílvio Navas

Silvio Navas

Mumm-Ra
Earl Hammond

ThunderCats

Com Mumm-Ra, Navas desenvolve um dos trabalhos mais consagrados da história da nossa dublagem. Uma voz arrepiante, rouca e tenebrosa, transforma a figura sombria do vilão em um pesadelo na tela. A fala: “transformem essa forma decadente em Mumm-ra, o de vida eternaaaa!”, ficou realmente imortal.

2

Élcio Romar

Élcio Romar

Snarf
Bob McFadden

ThunderCats

Um dos falsetes mais bem elaborados da história da nossa dublagem, Romar consegue se esconder por trás da voz do Snarf, pois é difícil perceber algo que lembre o timbre do dublador nesse trabalho. Quando ele saía proferindo: “Snif, Snif”, talvez não de desse conta que estava entrando para uma galeria de melhores dublagens da história.

1

Isaac Bardavid

Isaac Bardavid

Esqueleto
Alan Oppenheimer

He-Man e Os Defensores do Universo

Isaac entrava no estúdio pra interpretar o Esqueleto e era um show todas as vezes! Uma entrega emocionante, um falsete complicado, debochado e único, transformam esta na melhor dublagem brasileira de vilão dos anos 80. A gargalhada maligna dele até hoje é prestigiada por quem viveu a infância nos anos 80.

Leia Também:  Melhores temas adaptados para português em séries dos anos 80.
Izaías Correia
Izaías Correia
Professor, roteirista e web-designer, responsável pelo site InfanTv. Também é pesquisador da dublagem brasileira.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *