Matérias

10 Mais – Dubladoras de coadjuvantes em séries dos anos 70.

DUBLADORAS

Coadjuvantes em séries dos anos 70

10

Mara Di carlo

Mara Di Carlo

Mara
Naomi Pollack

Korg e o Mundo Misterioso

Série de excelente repercussão no Brasil que estreou na Globo em 1976, sendo exibida logo após Disneylândia. A dublagem ficou a cargo da Herbert Richers onde a personagem Mara foi brilhantemente feita por Mara Di Carlo, numa performance inspiradora.

9

Isaura Gomes

Isaura Gomes

Dra. Kate Westin
Melinda O. Feea

O Homem Invisível

Com um trabalho de dublagem caprichado realizado pela AIC – São Paulo a série O Homem Invisível estreou no Brasil em 1978 na Rede Globo. A esposa do herói título, Kate Westin, recebeu a voz de Isaura Gomes e combinou perfeitamente.


8

Ivete Jaime

Ivete Jayme

Cha-ka
Philip Paley‎‎

O Elo Perdido

A série Elo Perdido que chegou ao Brasil através da Rede Globo no Show das Cinco. foi dublada na BKS e entre os destaques do trabalho de adaptação para português estava a atuação de Ivete Jayme fazendo um Cha-ka com uma linguagem incomum, quase que balbuciando as palavras.

7

Viviane Farias

Viviane Farias

Julie McCoy
Lauren Tewes

O Barco do Amor

Em 1979 O Barco do Amor era mostrado às 21h na Rede Globo. Sua primeira dublagem foi realizada pela Herbert Richers e entre os grandes nomes do trabalho de adaptação na época estava a jovem Viviane Farias em muito boa forma ao fazer a voz brasileira da Julie McCoy.

6

Márcia Gomes

Márcia Gomes

Oficial Bonnie Clark
Randi Oakes

CHiPs

No final dos anos 70 chegava ao Brasil um fenômeno de audiência, a série CHiPS. Para fazer a meiga Oficial Bonnie Clark não havia melhor voz dentro da BKS que a de Márcia Gomes, que foi lá e deu conta do recado.

5

Glória Ladany

Glória Ladany

Sue Ann Nivens
Betty White

Mary Tyler Moore

No elenco de vozes brasileiras da dublagem de Mary Tyler Moore, difícil escolher uma atuação que se sobressaia, mas basta ouvir Glória Ladany fazendo Sue Ann Nivens  e logo notamos que há algo diferente na qualidade daquela interpretação. Ela merece um lugar aqui.

4

Elza Martins

Elza Martins

Betty Jones
Lee Meriwether

Barnaby Jones

A série Barnaby Jones teve uma boa repercussão quando chegou ao Brasil em 1974, mostrando as aventuras de um detetive particular que tinha a ajuda da sua nora Betty Jones, personagem que na dublagem brasileira recebeu a voz de Elza Martins. E como combinou!

3

Nelly Amaral

Nelly Amaral

Maj. Houlihan “Lábios Quentes”
Loretta Swit

M*A*S*H

A voz de Nelly Amaral tão perfeita em personagens de mais idade teria tudo para não combinar com a personagem “Lábios Quentes”, mas curiosamente aqui a escalação funciona e proporciona uma das melhores atuações da nossa dublagem.

2

Selma Lopes

Selma Lopes

Feiticeira
Billie Hayes

Pluft-Pluft – A Flauta Mágica

Selma é excepcional em cada trabalho, sua Feiticeira dublada em A Flauta Mágica é debochada e assustadora ao mesmo tempo, e por essa razão esse trabalho feito para Dublasom Guanabara é lembrado com carinho por quem foi criança na época

1

maralisetartarine

Maralise Tartarine

Dra. Elizabeth Merrill
Belinda Montgomery

O Homem do Fundo do Mar

Um dos grandes destaques da carreira da dubladora Maralise Tartarine, a Dra. Merrill de O Homem do Fundo do Mar teve uma repercussão tão positiva quanto a própria série no Brasil, desde sua estreia na Rede Globo, onde era mostrada nas noites de segunda-feira. A personagem chegou a ter uma segunda voz.

Leia Também:  A dublagem de Ben-Hur, tão clássica quanto o próprio filme.
Izaías Correia
Izaías Correia
Professor, roteirista e web-designer, responsável pelo site InfanTv. Também é pesquisador da dublagem brasileira.