Matérias Séries Televisão Uncategorized

Baú da Dublagem: A série Os Defensores (1961)

Série de curta duração da TV Excelsior com uma primorosa dublagem da AIC – São Paulo.

Uma série diretamente política.

Os Defensores foi uma série de TV que praticamente ocorria dentro da sala de um tribunal, protagonizada por um pai e filho que se especializaram em defender casos complicados.

A série foi criada pelo escritor Reginald Rose, refazendo um drama de duas partes escrito por ele em 1957, para a série de antologia “Studio One”, onde Ralph Bellamy interpretava o pai e William Shatner, o filho.

Shatner foi posteriormente convidado como promotor em Os Defensores. Os advogados foram protagonizados por E. G. Marshall como Lawrence Preston e Robert Reed como Kenneth Preston.


A série foi apresentada pela primeira vez nos Estados Unidos pela rede CBS, entre 16 de setembro de 1961 a 13 de maio de 1965, num total de 132 episódios, em quatro temporadas.

Os Defensores foi a série mais diretamente política da história da televisão, e conseguiu este truque em sua maioria, sem ser didático.

Os personagens centrais assumiam casos que examinavam a saúde da república americana na era Kennedy, olhando para questões que poderiam parecer de pequeno alcance, mas na verdade tinha considerações importantes.

Marshall ganhou um Emmy, assim como os escritores da série para as quatro temporadas exibidas.

E.G.Marshall (Lawrence Preston) e Robert Reed (Kenneth Preston).

Exibição no Brasil.

Os Defensores no Brasil teve apenas a primeira temporada exibida pela extinta TV Excelsior de São Paulo. Devido ao sucesso nos Estados Unidos, a emissora apostou na série e a estreou em 1965, uma vez por semana, às 21h. Entretanto, logo teve que alterar o horário de exibição devido a baixa audiência, onde a TV Record sempre ganhava.

O motivo era bem simples: os casos apresentados, apesar de textos e interpretações excelentes, estavam totalmente ligados aos problemas americanos da década de 60, não tendo havido uma identificação com o público brasileiro.

Mesmo a TV Excelsior exibindo-a mais tarde e em outro dia, decidiu retirá-la do ar com apenas 15 episódios exibidos.

No final de 1968, a Excelsior retornou com a série exibindo após Missão Impossível. A emissora acreditava que o sucesso desta levaria a audiência para Os Defensores. A princípio isto ocorreu, porém não se sustentou durante muito tempo e a emissora apresentou somente a primeira temporada, num horário já muito tarde da noite, algo não muito comum as emissoras passarem muito além da meia-noite.

Em todas as pesquisas que efetuamos, não encontramos a exibição de Os Defensores por outra emissora. A série foi produzida ainda em preto e branco, fato que a baniu de vez de nossa TV.

Dênis Carvalho, conceituado ator e diretor de TV, fazia a voz de Kenneth Preston.

A dublagem da AIC.

Realizada entre 1964 e 1965, a dublagem de Os Defensores possui uma excepcional qualidade, uma vez que há uma mistura de dubladores ainda influenciados pelo radioteatro e alguns que estavam surgindo no meio da dublagem, porém efetuando um trabalho de extrema qualidade dando uma nova forma à arte de dublar.

É muito interessante este fato e demonstra que o seriado teve uma versão brasileira num período de transição da AIC.

Há dados conflitantes de que a série teve como diretor de dublagem Wolner Camargo ou Hélio Porto, seja como for, os dubladores principais e convidados foram muito bem escalados.

Elenco de Dublagem:

Leia Também:  20 Loops Por Hora: Um Adeus a Monjardim...
Marco Antônio dos Santos
Marco Antônio dos Santos
Professor, pesquisador de dublagem e responsável pelo blog Universo AIC.