Matérias

10 Mais – Dubladores de coadjuvantes em desenhos dos anos 70

DUBLADORES

Coadjuvantes em desenhos dos anos 70

10

miltonvillar

Mílton Villar

Sargento Flint
Joe E Ross

Hong Kong Fu

O desenho Hong Kong Fu estreou na Rede Globo em 1975 dentro da faixa vespertina intitulada Hanna Barbera 75. O trio de vozes principal da animação fez um trabalho perfeito, entre elas a de Mílton Villar dublando o inocente Sargento Flint.

9

Orlando Prado

Orlando Prado

Moleza
Don Messick‎‎

Archie

Desenho musical exibido no início da década de 1970 nos fins de tarde da Tv Tupi. Entre uma canção e outra os personagens viviam aventuras dubladas no Brasil pela TV Cinesom, onde o descontraído e excêntrico baterista Moleza recebeu a voz de Orlando Prado.


8

Jorge Pires

Jorge Pires

Gillie
Ronnie Schell

Goober e os Caçadores de Fantasmas

No Brasil o desenho Goober e os Caçadores de Fantasmas estreou em 1974 dentro da faixa reservada para animações da Rede Globo intitulada Hanna-Barbera 74. A dublagem feita pela AIC – São Paulo tinha grandes nomes entre os quais o de Jorge Pires fazendo o fotografo Gillie numa atuação muito boa.

7

Luiz Manoel

Luiz Manoel

Fred Jones
Frank Welker

Scooby-Doo, Cadê Você?

Com interpretação perfeita, Luiz Manoel ajudou a popularizar o personagem Fred no Brasil. Profissional que sempre casou perfeitamente em personagens jovens, Manoel foi a escolha certa para dar voz brasileira ao garotão da Mistérios SA. 

6

Jorgeh Ramos

Jorgeh Ramos

Chapa
Frank Welker

Carangos e Motocas

Carangos e Motocas estreou em 1975 na Rede Globo dentro de uma faixa reservada para os desenhos da Hanna Barbera. Com um time de dubladores para os vilões do mais alto escalão, o trabalho realizado na Herbert Richers tinha como um dos pontos fortes a atuação de Jorgeh Ramos no rabugento Chapa.

5

Borges de Barros

Borges de Barros

Babú
Joe Besser

Jeannie

Borges de Barros foi simplesmente irretocável em tudo que dublou, e como o gênio Babú não fugiu à regra. Ele fez o atrapalhado parceiro de Jeannie de maneira honesta e ajudou assim a marcar a animação em meados dos anos 70 aqui no Brasil.

4

Carlos Marques

Carlos Marques

Dudu
Don Messick

O Inspetor

Com um timbre calmo, Carlos Marques destacou-se ao fazer a voz brasileira do parceiro do Inspetor, o corajoso Dudu, na animação da DePatie-Freleng. A dublagem da Cinecastro é perfeita e a química com Ary de Toledo merece ser destacada.

3

Turíbio Ruiz

Turíbio Ruiz

Coringa
Larry Storch

Batman

Mal o seriado protagonizado por Adam West foi cancelado e já aparecia nas telinhas a versão animada do programa. No Brasil a produção recebeu também a dublagem da AIC- São Paulo que manteve o elenco da série. Mais uma vez Turíbio Ruiz dá um show na performance de Coringa.  

2

Arthur Costa Filho

Arthur Costa Filho

Tião Gavião
Paul Lynde

Os Apuros de Penélope Charmosa

Trabalho inesquecível de Arthur Costa Filho como o perverso vilão Tião Gavião, fazendo uma voz maquiavélica e ao mesmo tempo cômica. O desenho que teve um trabalho de adaptação para português realizado pela Dublasom Guanabara chegou ao Brasil no início da década de 1970.

1

Mário Monjardim

Mário Monjardim

Salsicha Rogers
Casey Kasem

Scooby-Doo, Cadê Você?

Não apenas um dos mais bem produzidos trabalhos da carreira de Monjardim, mas também da história da dublagem brasileira, o Salsicha com sotaque caipira e voz arrastada é até hoje lembrado por quem viu o desenho. Monja fez o personagem por anos e criou um estilo único para o grande amigo do Scooby-Doo.

Leia Também:  10 Mais – Dubladoras de protagonistas em desenhos dos anos 2000.
Izaías Correia
Izaías Correia
Professor, roteirista e web-designer, responsável pelo site InfanTv. Também é pesquisador da dublagem brasileira.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *